Carcereira brasileira é presa após fazer sexo com detento na Inglaterra

Uma carcereira que trabalhava no presídio de Wandsworth, em Londres, foi presa após um vídeo em que ela aparece fazendo sexo com um detento dentro da penitenciária ter viralizado na internet. A mídia britânica afirma que a funcionária é brasileira.

Segundo um porta-voz da polícia britânica, a mulher chama-se Linda de Sousa Abreu, tem 31 anos, e era agente penitenciária em Wandsworth, além de trabalhar como modelo na capital britânica.

A brasileira deverá comparecer ao Tribunal de Uxbridge, em Londres, nesta segunda-feira (1), quando a promotoria deve apresentar uma acusação formal contra ela.