Cuité de Mamanguape, vereador chama colega de safado e “velhaco” e acusa outro de ter carro para “beber cachaça em bar”

Uma briga entre vereadores foi registrada na sessão da Câmara Municipal de Cuité de Mamanguape, no Litoral Norte paraibano. O clima ficou tenso quando o vereador de oposição Ronaldo Dutra chamou o colega, vereador Luciano, de “safado”, “bandido” e “velhaco” dizendo que ele tem dívidas por onde passa. Ronaldo também atacou o colega Deda do Povo acusando-o de ser beneficiado com carro cedido pela Prefeitura de Cuité de Mamanguape.

“Se tem um safado, um bandido, um ‘veiaco’ aqui, se chama você, Luciano. Você diz que eu não compro um pacote de bolacha em Cuité de Mamanguape. Você não compra em canto nenhum e já faz tempo que isso acontece com você”, acusou Ronaldo, conforme vídeo que circula na internet.

Depois, Ronaldo se dirigiu a Deda. “E meu amigo Deda, você está mais que certo de defender sua bandeira porque, hoje, você tem gente aqui dentro desses 17 funcionários. Você tem um carro locado que está lá na sua casa, na obra, e para beber cachaça em porta de bar. E os vereadores beneficiados têm que defender mesmo a bandeira.”

Em resposta, o vereador Deda do Povo disse ter provas de que o carro o qual ele possui está em seu nome e que bebe umas ‘cachacinhas’ quando tem tempo.

“Ronaldo, me prove qual o carro que eu tenho dentro de Prefeitura e dentro de Câmara Municipal de Cuité de Mamanguape. Eu tenho carro ali que está com toda a documentação no meu nome. Eu quero que você me prove o carro que eu tenho ganhando dentro de Prefeitura e de Câmara nenhuma. Eu vou buscar a documentação agora. Eu não sou homem de mentira, não. E tomo minhas ‘cachacinhas’ quando eu tenho tempo, que estou fora do meu trabalho, eu tomo. Eu nunca chamei você de mentiroso, agora eu tenho como provar. O meu carro está no meu nome”, respondeu Deda.

 

Ckickpb