Pastor é investigado pela polícia após revelar ter beijado a filha na boca
Compartilhe:
Pin Share

A investigação está em andamento pela Polícia Civil sobre uma declaração feita pelo pastor Lucinho Barreto, de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Ele afirmou que beijou sua filha nos lábios quando ela era menor de idade.

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente em Belo Horizonte está investigando o caso. O comentário foi feito durante um culto que foi transmitido no YouTube em 18 de abril, porém ganhou destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (2).

“Nossa que mulherão, ai se eu te pego” teria declarado o pastor à filha.

Em um culto voltado apenas para homens, Lucinho Barreto, pastor da Igreja Batista da Lagoinha, revelou que beijou sua filha nos lábios, quando ela era criança.

“Quando eu encontrar seu namorado, eu vou falar assim: ‘Você é o segundo, eu já beijei’”.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.