Estudante do IFPB conquista bolsa e discute em Boston (EUA) questões de relevância global
Compartilhe:
Pin Share

Uma estudante do Campus Picuí do IFPB vem revelando uma habilidade bastante valorizada atualmente, a liderança. A jovem de 16 anos ganhou uma premiação na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e pôde discutir com representantes de outros países soluções para problemas globais.

Eloá Souto (foto) mora em Barra de Santa Rosa, no Curimataú paraibano, e faz o último ano do Curso de Edificações no Campus Picuí. A estudante, filha de uma professora e de um agente de serviços gerais, conta que os pais sempre a incentivaram nos estudos ”Eles me ensinam muito sobre a vida, e principalmente a ter coragem”.

A oportunidade no exterior veio através de uma bolsa de monitoria oferecida pelo Instituto Diplomun, uma instituição que proporciona eventos acadêmicos que simulam as discussões e negociações da Organização das Nações Unidas. Nestas simulações, conhecidas como Model United Nations (MUN), os estudantes atuam como “delegados de seus países” debatendo questões de relevância global.

Eloá foi a única paraibana a conquistar em 2023 a bolsa do Instituto Diplomun que a contemplou com uma monitoria on-line onde aprendeu noções de Geopolítica, Ciências e História. A jovem concorreu a bolsa com outros 1.200 estudantes do Brasil. No processo de seleção a estudante precisou escrever redações com temas sobre questões sociais, além de comprovar experiência em atividades extracurriculares e ser fluente em inglês (capacidade que aprendeu sozinha assistindo a séries de TV). Em janeiro de 2024 a estudante viajou para Boston, nos Estados Unidos, com todas as despesas pagas.

A Conferência

A Harvard Model United Nations é considerada a maior simulação da ONU no mundo para estudantes de Ensino Médio e (9º ano do Fundamental). No encontro com jovens de várias partes do mundo Eloá discutiu soluções para resolver problemas mundiais. “Nós nos engajamos em questões ligadas à autoidentificação dos povos, a soberania e religião. Foram 10 dias em Boston, uma experiência inesquecível, onde recebi a segunda maior premiação da conferência como líder de bloco” revela a jovem que pretende fazer Ciências Políticas e entrar no ramo da diplomacia.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.