Homem acusado de aplicar golpes em familiares é preso, na PB

Um homem foi preso na tarde desta quarta-feira (20) acusado de crimes de estelionato que causaram prejuízo de mais de 100 mil reais, no município de Taperoá, no Agreste da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, o homem é réu por aplicar golpes nos próprios familiares, que tiveram aposentadorias no valor de um salário mínimo comprometidas com empréstimos realizados pelo suspeito. O homem foi alvo de um mandado de prisão preventiva e não teve o nome divulgado.

A Polícia Civil também afirmou que os crimes aconteceram entre setembro de 2022 até maio de 2023. A investigação contra o homem teve início no ano passado, contabilizando quatro vítimas que representaram contra o acusado, mas a polícia acredita que mais pessoas podem ter sido alvo do golpe.

A delegada Mairam Moura afirmou que as vítimas do homem foram três idosos, identificados como seus tios, além de uma mulher que é mãe de uma criança com deficiência e recebia benefício assistencial. De acordo com a apuração da polícia, o homem era procurador das vítimas e se aproveitava dessa condição para efetuar empréstimos consignados em nome delas.

A Polícia Civil também informou que as vítimas eram pessoas de pouca instrução e demoraram para perceber que poderiam ter sofrido um golpe. Quando a primeira vítima levou o caso para a delegacia, outras também se sentiram encorajadas a fazer o mesmo.