Prefeitura e casa do prefeito de Curral de Cima são alvos de busca do GAECO

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público (MPPB), deflagrou na manhã desta segunda-feira (18) uma nova operação na Paraíba. O alvo é a prefeitura Municipal de Curral de Cima, na Região do Vale do Mamanguape.

A operação ‘Fake Loan’, investiga uma série de ilícitos na administração municipal. De acordo com o MP, há indicativo de coação a servidores municipais, especialmente comissionados e prestadores de serviço, a contrair empréstimos consignados, cujo produto era destinado, na maior parte, aos agentes públicos investigados.

Segundo o Gaeco, os métodos fraudulentos incluíam a manipulação de contracheques dos servidores, com a inserção de valores fictícios para aumentar artificialmente a margem consignável, bem como concessão de gratificações em valores compatíveis às parcelas dos empréstimos, que, ao final, eram custeadas pela própria Prefeitura.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em endereços relacionados a dois investigados, além da própria Prefeitura Municipal, no centro da cidade.

As diligências abrangeram o Gabinete do Prefeito, a Secretaria de Controle Interno, a Secretaria de Administração e a Secretaria de Finanças.

De acordo com o Gaeco, a ‘Fake Loan’ conta com a atuação conjunta de 20 integrantes do Ministério Público da Paraíba, entre Membros e Servidores da CCRIMP e do GAECO-PB, somados a 20 Policiais Militares da PMPB e 4 Auditores de Controle Externo do TCE/PB, totalizando aproximadamente 44 agentes públicos empenhados nesta ação determinante para a integridade da gestão pública e o combate incansável à corrupção em nosso estado.

 

 

 

Clickpb