Agevisa orienta sobre repelentes que devem ser usados contra o mosquito da dengue
Compartilhe:
Pin Share

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa/PB) divulgou orientação sobre quais os tipos de repelentes que podem ser usados para evitar o mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da doença. Conforme o diretor da agência, Geraldo Moreira, há atualmente no mercado dois tipos de produtos com essa finalidade, um destinado à aplicação diretamente na pele e outro para ser espalhado no meio ambiente.

Os repelentes de insetos para aplicação na pele, segundo Geraldo Moreira, são enquadrados na categoria “Cosmético” e devem obrigatoriamente ter registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “É importante que as pessoas, ao adquirirem produtos repelentes, observem se eles estão registrados na Anvisa, pois é esse registro que garante que há eficácia na sua aplicação”, ressaltou o diretor da Agevisa.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.