Mulher que morreu após ser baleada em shopping não estava grávida, vítima foi identificada
Compartilhe:
Pin Share

A mulher que foi atingida por tiros no Mangabeira Shopping no fim da manhã desta sexta-feira (12),  não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O homem invadiu o estabelecimento porque não teria passado em um processo seletivo para trabalhar.

A vítima identificada como Mayara Barros, 37 anos, era gerente de um restaurante do estabelecimento, chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No início a polícia foi informada que ela estaria grávida, mas o esposo da vítima disse que não procede a informação. O acusado Luiz Carlos, 47 anos, foi preso em flagrante.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.