Vereadores de Lagoa de Dentro são cassados
Compartilhe:
Pin Share

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) cassou, nesta segunda-feira (18), o mandato de três vereadores eleitos pelo PL, em 2020, em Lagoa de Dentro, agreste paraibano.

O partido foi acusado de promover candidatura fictícia com a candidata Patrícia Pereira dos Santos, que foi candidata, mas teve zero votos, não realizou campanha eleitoral e ainda pediu votos para outro candidato do partido.

Na análise do processo, a relatora juíza Maria Cristina Paiva Santiago acolheu as denúncias e condenou o partido, determinando a anulação dos votos recebidos pelo PL e cassando o diploma dos eleitos e dos suplentes, além do mandato dos eleitos.

Perderam os mandatos os vereadores Adelson Freire, Helder Fernandes e Valdemir Gomes. Ainda na decisão, Patrícia Pereira dos Santos foi condenada a inelegibilidade por oito anos.

Podem assumir os mandatos, Sérgio Alves, Neta Freire (ligados a Fabiano Pedro) e Dorgival que pode ficar com o prefeito Zezinho da Rapadura.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.