Caixa térmica motivou assassinato de estudante por PM do Ceará no Sertão da Paraíba
Compartilhe:
Pin Share

A Polícia Civil da Paraíba concluiu nesta quinta-feira (14) o inquérito sobre a morte do estudante Ramon Pedro de Sousa, de 25 anos, e afirma que o jovem foi morto, possivelmente, por causa de uma caixa térmica. Segundo o delegado Rafael Miranda Bianchi, o cooler era do policial militar suspeito do crime e as mulheres que estavam no local insinuaram que o estudante poderia roubar a caixa térmica porque estava passando próximo. O caso aconteceu em 5 de dezembro, em Uiraúna, no Sertão da Paraíba.

O delegado afirmou que o policial e as mulheres não queriam carregar a caixa térmica, então deixaram no meio da rua e o militar entrou em casa. De acordo com ele, as mulheres teriam visto o estudante caminhando nas proximidades e acharam que ele poderia levar a caixa. Com isso o policial foi em direção ao jovem e aconteceu o crime.

A polícia ressaltou que a vítima não tinha nenhum interesse no objeto e não esboçou nenhuma intenção no sentido de pegar a caixa.

O policial militar foi indiciado por homicídio doloso qualificado por motivo fútil e por recurso que dificultou a defesa da vítima. Foram indiciadas também as mulheres que aparecem no vídeo da câmera de segurança, suspeitas de omissão de socorro e favorecimento pessoal. O caso agora vai ser analisado pela Justiça

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.