Justiça decreta prisão de Padre Egídio e mais duas no caso do hospital Padre Zé

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), decretou as prisões do Padre Egídio Carvalho, Amanda Duarte e Janine Dantas, suspeitos de desviar recursos do Hospital Padre Zé, em João Pessoa.

Agentes do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) estão nas ruas de João Pessoa e Recife na tentativa de cumprir os mandados judiciais.

A prisão tinha sido rejeitada pelo juiz José Guedes, da 4ª Vara Criminal. O Gaeco, no entanto, recorreu à 2ª Instância para conseguir a autorização judicial.

 

Maispb