MST cobra investigação de assassinatos de coordenador e moradora de acampamento, na PB

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra da Paraíba (MST-PB) cobrou, neste domingo (12), apuração e prisão dos criminosos que assassinaram Aldecy Viturino, de 44 anos, e Ana Paula Cosa, de 29 anos, mortos na tarde desse sábado (11) dentro do acampamento Quilombo do Livramento, que fica na Zona Rural de Princesa Isabel, no Sertão paraibano.

Ana Paula e Aldecy estavam dentro do acampamento, realizando alguns serviços, quando homens armados invadiram o local e atiraram contra Aldecy.

Durante os disparos, Aldecy foi atingido diversas vezes, morrendo no local, e Ana Paula recebeu um tiro na cabeça. Ela ainda chegou a ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu e morreu.

 

Halan Azevedo