Pastor acusado de golpe milionário contra fiéis se entrega à Justiça

O pastor Péricles Cardoso, acusado de estelionato contra fiéis da Assembleia de Deus, se entregou à Justiça nesta quarta-feira (1°), em João Pessoa. Ele foi denunciado após ter recebido de forma indevida cerca de R$ 2 milhões. O religioso se apresentou ao Poder Judiciário no fórum de Mangabeira acompanhado do advogado. O pedido de prisão do pastor havia sido requerido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em setembro.

Após audiência de custódia, a Justiça da Paraíba determinou a continuidade da prisão do acusado. Ele foi encaminhado à Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Roger. A esposa dele, que também é considerada foragida, não se entregou à Justiça.

Péricles Cardoso era pastor da Igreja Assembleia de Deus, em Mangabeira I, desde o ano de 2018. De acordo com as investigações, ele utilizava o poder de convencimento e da fé e respeito dos fiéis para pedir ajuda financeira para a compra e reforma de uma casa para a Igreja.

A prática ocorreu por pelo menos dois anos. Ele pedia dinheiro emprestado e utilizava cartões de crédito dos fiéis, mas com esses valores fazia pagamentos de dívidas pessoais.

 

T5