Vereador de Belém é ameaçado após denunciar supostas irregularidades na prefeitura
Compartilhe:
Pin Share

O vereador João Marcelo do município de Belém, agreste Paraibano, denunciou na delegacia de polícia civil ameaças sofridas após denunciar no Ministério Público e Tribunal de Contas supostas irregularidades por parte da prefeitura municipal no aluguel de caminhões.

Conforme boletim de ocorrência, as ameaças foram na manhã deste domingo (22), no B.O registrado diz que as ameaças partiram de um senhor conhecido por Léo Pacífico. João diz que estava em sua residência quando Leo que é esposo de uma das pessoas citadas na denúncia o chamou para tirar satisfações, segundo o vereador, Leo teria dito que ele mexeu com a pessoa errada e que isso não iria ficar assim pois não era palhaço. Após essas falas o homem foi embora e o vereador foi na delegacia registrar o caso.

O que diz a denúncia nos órgãos de fiscalização segundo matéria do portal do brejo:

O Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) abriu um inquérito civil para investigar suposta fraude na contratação de um caminhão basculante para coleta de lixo domiciliar pela Prefeitura Municipal de Belém, Agreste paraibano.

A investigação é coordenada pelo promotor de justiça Ítalo Macio de Oliveira Sousa. O inquérito civil foi instaurado nesta sexta-feira (20) após publicação no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público da Paraíba.

 

Conforme apurado, o órgão fiscalizador investiga após denúncia que houve dupla contratação do serviço, visando burlar os valores determinados pela no Lei de Licitações. Para o Ministério Público, os três contratos no valor de R$ 69 mil abaixo do valor médio para dispensar licitação configuram lesão ao erário público

Diante das denúncias, diligências devem ser realizadas, tais como requisição de documentos, depoimentos e notificação da empresa e Prefeitura de Belém.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.