Compartilhe:
Pin Share

Um dia depois de cumprir 14 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a empresas investigadas pela extração e comercialização ilegal da bentonita, minério usado na construção civil, a Polícia Federal voltou a cumprir outros 14 mandados, totalizando 28 medidas cautelares contra as empresas. A ação desta quinta-feira (19) aconteceu nas cidades de Campina Grande e Olivedos, no Agreste paraibano.

As buscas fazem parte da Operação Bentonita II, que começou após a delegacia de Campina Grande identificar a extração ilegal do minério na cidade de Cubati, com a venda para empresas beneficiadoras instaladas na própria cidade e também em Soledade. Na quarta-feira (18), os mandados foram cumpridos em João Pessoa, Cubati e Soledade, na Paraíba, e também em Recife (PE) e São Paulo (SP).

Durante a investigação, foram coletados indícios de que as empresas estariam utilizando artifícios para dar a aparência de legalidade na extração e comércio do minério, que era revendido no mercado nacional a um preço abaixo do valor de mercado.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.