Compartilhe:
Pin Share

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (19) a Operação Falsa Imagem, com o objetivo de desarticular esquema criminoso de fraude a licitação, falsidade ideológica e desvio de recursos públicos praticados em procedimento administrativo celebrado pela Prefeitura de Juazeirinho, para realização de serviços emergenciais de exames de ultrassonografia.

Foi cumprido um mandado de busca e apreensão no estabelecimento envolvido na fraude com vistas a obter novos elementos de prova que corroborem os indícios já existentes.

O contrato custou aos cofres públicos R$ 64.000,00, com parcela dos recursos oriunda do Fundo Municipal de Saúde.

A suspeita é de que tenha sido utilizada empresa existente somente no papel para simular a apresentação de propostas e justificar o contrato celebrado com a empresa vencedora.

Os investigados deverão responder pelos crimes de falsidade ideológica, fraude a licitação e desvio de recursos públicos, cujas penas máximas somadas ultrapassam 15 anos de reclusão.

 

 

MaisPB

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.