Compartilhe:
Pin Share

Daniel, de 42 anos, tutor da cadela Bolinha, recebeu alta médica nesta segunda-feira (11). O homem estava internado há 11 dias, para tratar de uma pneumonia crônica, em um hospital no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. Nesse período, o animal não deixou a calçada da unidade de saúde, à espera do amigo. O tutor e a cadela ficaram conhecidos pela relação de cumplicidade registrada pela imprensa na última semana.

A parte triste dessa história é que Daniel vive em situação de rua na capital paraibana. Ao deixar o hospital, volta a passar os dias sem teto, junto à cadela, fiel companheira de jornada. Em entrevista, ele disse que juntou dinheiro para comprar uma casa, mas acabou assaltado. O tutor encontrou Bolinha há pouco mais de três anos e vive com ela desde então.

Emocionado ao receber alta, o tutor afirma que sentia falta do animal e agradece a quem se mobilizou para cuidar dela. “Eu ficava triste, mas não dizia o que era. Dizia que era coisa da vida. Eu chorava. Mas o povo trazia comida para ela, ração…Todos os funcionários do hospital ajudavam.”

 

Entenda a história

A cadela Bolinha se tornou uma presença cativante na entrada de um hospital em João Pessoa. O animal chama a atenção de pacientes e da equipe de saúde do estabelecimento por fazer um verdadeiro “plantão” na porta do hospital, aguardando pacientemente a alta de seu tutor.

Essa não foi a primeira vez que Bolinha demonstra seu amor incondicional por Daniel. Sempre que ele precisa se internar, a fiel cadela faz questão de estar presente na portaria do hospital, esperando pacientemente todos os dias até que seu tutor esteja pronto para ir embora.

 

T5

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.