Compartilhe:
Pin Share

A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa da Capital, em ação conjunta com a Polícia Civil de Pernambuco, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva contra um homem acusado de matar Paulo Eduardo de Siqueira Silva. O crime ocorreu no dia 16 de janeiro de 2022, por volta das 13:00h, no bairro Jardim Veneza, em João Pessoa. As investigações apontam que Paulo Eduardo foi morto por disparos de espingarda Cal. 12.

O inquérito aponta que, no dia do crime, o suspeito estava acompanhado por outro criminoso ainda não identificado. A dupla saiu de Recife, cidade onde residia, e se dirigiu a João Pessoa, com a intenção de matar Paulo Eduardo, com quem mantinha um relacionamento, mas que não aceitava o término. O crime ocorreu dentro da residência da vítima, enquanto ela tomava banho. Após cometer o homicídio, a investigação aponta que o suspeito fugiu para Anápolis, em Goiás, e, posteriormente, retornou a Pernambuco, onde passou a residir em Nazaré da Mata.

A Polícia Civil da Paraíba e de Pernambuco afirmaram que continuam trabalhando em conjunto, trocando informações e diligenciando com o objetivo de identificar o segundo autor do crime.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.