Compartilhe:
Pin Share

O desaparecimento de Ana Sophia, em Bananeiras, na Paraíba, completa um mês nesta sexta-feira (4), sem vestígios do paradeiro da criança de oito anos. Desde a denúncia do sumiço feita pela família, uma força-tarefa foi montada para realizar buscas na cidade. Mas, até agora, não há informações do que teria acontecido com a menina. A mãe, Maria do Socorro, acredita que a filha esteja viva.

Meu coração sente, Sophia tá viva, em algum lugar desse Brasil. Deus vai trazer ela pra mim, disse Maria do Socorro em entrevista à TV Correio.

A investigadora Maira Roberta afirmou que todas as diligências estão sendo realizadas e que nenhuma linha de investigação pode ser excluída. Equipes das polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros realizam buscas por Ana Sophia.

“O foco dessa força é exatamente no sentido de focar no que ocorreu, para se chegar ao desaparecimento. Não há uma convicção, o tempo da investigação não é uma ciência exata. O tempo é de cada caso, depende da perícia, provas testemunhais”, informou a delegado.

 

 

 

 

 

Com T5

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.