Mais uma câmara da Paraíba tem os vereadores caçados pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) determinou, nesta segunda-feira (10), a realização de novas eleições para o cargo de vereador em Mãe D’Água, município do Sertão do Estado. A fraude, que acontece com o uso fictício de candidaturas femininas para burlar a cota de gênero, foi cometida pelo Republicanos, mas a Corte entendeu que a ação afetou todos os partidos e o pleito para vereador por completo.

O voto do relator foi acompanhado pelos outros seis membros da Corte. Na decisão, O TRE-PB determinou que a cassação dos vereadores deve ser cumprida imediatamente e a nova eleição seja feita na maior brevidade possível.

Luciano Goga (Cidadania), Luiz Nunes (Republicanos), Kildemí Monteiro (Republicanos), Cledilson Cordeiro (Republicanos), Delma (Republicanos), Vandim Campos (Republicanos), Naldo Medeiros (Cidadania), Del de Rivaldo (Republicanos) e Nelson Pereira (Avante).

 

 

 

Halan Azevedo