Jovem apreendido cobrava mensalidade para compartilhar pornografia infantil em grupos da internet, na Paraíba

O jovem apreendido nesta sexta-feira (23) pelas polícias Civil e Federal, na região de Juarez Távora, cobrava mensalidades para compartilhar conteúdo de pornografia infantil em grupos de aplicativos, na internet. Conforme acompanhou o portal, o material apreendido com ele será periciado ainda hoje.

O delegado de Crimes Cibernéticos, João Ricardo, explicou que o jovem completa 18 anos nesta sexta-feira e caso seja encontrado material contendo abuso sexual contra crianças nos equipamentos eletrônicos encontrados com ele, o rapaz responderá pelo crime já como maior de idade.

“A investigação já vinha acontecendo há meses. Ele mantinha grupos em aplicativos que cobrava mensalidade sobre o conteúdo de pornografia infantil. ele fica de maior de idade hoje se o material de hoje for confirmado vai responder como maior quem consomo também responderá”, revelou o delegado em entrevista à TV Arapuan.

Os pais do jovem têm conhecimento da prática criminosa do filho e relataram ao delegado João Ricardo que têm tentado fazer com ele pare com a prática, mas não têm obtido sucesso.

“Os pais já sabiam porque ele já responde em outro processo sobre isso. Os pais relatam que tentam fazer com ele pare e não conseguem”, contou o delegado.

 

 

Por ClickPB