Aguinaldo Ribeiro diz que Governo Lula terá que “andar com as próprias pernas” e que deputados não vão mais se ‘sacrificar’

O deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) endureceu as críticas, já declaradas, de deputados aliados ou simpáticos ao Governo Lula. Aguinaldo disse, nesta quinta-feira (1º), que o Governo terá que andar “com as próprias pernas” e que não haverá mais “sacrifício” da base para pautas de interesse governista.

A fala de Aguinaldo foi dada durante o programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM. Entre as críticas feitas pelos deputados da base governista estão a falta de articulação política do Governo Federal e demora na liberação de emendas.

“É importante que se deixe claro que o Governo vai ter que andar com suas próprias pernas, não haverá mais sacrifício (dos deputados). Hoje quem acompanhou a votação viu os discursos e as falas dos deputados, que atenderam única e exclusivamente os seus líderes [para votar favorável ao Governo Federal]. Os partidos deram uma votação expressiva (favorável ao Governo). É importante que o Governo tenha consciência disso e trabalhe para consolidar a sua base, porque matérias importantes virão”, afirmou Aguinaldo Ribeiro.

As críticas começaram após a votação da Medida Provisória 1154/23, que prevê a estrutura de ministérios do governo Lula. O placar foi de 337 votos a favor e 125, contra sendo considerada uma importante vitória para o Governo Lula, após uma derrota na Câmara com o marco temporal das terras indígenas.

 

Por ClickPB