Nino Paraíba aparece em planilha de pagamentos de até R$ 80 mil feita por apostadores a jogadores de futebol

O lateral direito Nino Paraíba, que nasceu em Rio Tinto e joga atualmente no América Mineiro, teve o nome incluído em uma planilha de pagamentos feita por apostadores a jogadores do futebol brasileiro.

Além de Nino, outros nove jogadores possuem nomes na planilha, divulgada pelo Ministério Público do Goiás (MPGO), que promove a Operação Penalidade Máxima, que apura envolvimento de jogadores profissionais com esquema de apostas de futebol.

O esquema, na maioria das vezes, funciona com o recebimento de cartões amarelos ou vermelhos, e, também, na quantidade de faltas ou penalidades feitas pelos jogadores envolvidos.

Conforme visto pelo ClickPB, na planilha, o nome de Nino Paraíba é o segundo, abaixo de Vitor Mendes. O nome do paraibano ainda aparece mais uma vez, no fim da tabela, encabeçando a lista de jogadores. No total, ele teria recebido, pelo menos R$ 50 mil como ‘sinal’ e receberia mais R$ 60 mil posteriormente ao registrado na tabela.

A suspeita é de que Nino Paraíba tenha participado do esquema quando disputou a Série A do Campeonato Brasileiro pelo Ceará, em 2022.

Até a publicação desta matéria, o América Mineiro, atual clube de Nino Paraíba, não havia se manifestado sobre um possível afastamento do jogador. A ação vem sendo feito por clubes que têm jogadores suspeitos de participação no esquema de apostas. O jogador fechou as redes sociais.

 

Por ClickPB