PF ouve depoimento de 81 militares sobre 8 de Janeiro nesta 4ª

A PF (Polícia Federal) ouvirá nesta 4ª feira (12.abr.2023) o depoimento de 81 militares que ocupavam posições de comando durante o 8 de Janeiro.

Segundo apurou o Poder360, a maioria dos depoimentos devem ser realizados na sede da PF em Brasília. Também estão previstas oitivas em outros Estados.

Entre os depoimentos desta 4ª feira (12.abr) está o do general Gustavo Henrique Dutra de Menezes, ex-comandante do CMP (Comando Militar do Planalto). O general atualmente ocupa cargo no Estado Maior do Exército. Ele é responsável pela 5ª subchefia, que cuida das missões da Força no exterior.

Em 10 de março, depois da decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que determinou que a Corte deveria julgar os militares envolvidos nos atos extremistas, o MPM (Ministério Público Militar) encaminhou à PGR (Procuradoria Geral da República) as investigações contra os oficiais.

Antes do envio à PGR, o general Dutra já era investigado em um inquérito do MPM. Outro intimado para depor foi o tenente-coronel Paulo Fernandes da Hora, ex-chefe do BGP (Batalhão da Guarda Presidencial). Ele apareceu em um vídeo discutindo com policiais durante ação para prender extremistas do 8 de Janeiro.

 

Por Poder 360