Pastor é preso em flagrante por abusar de parente menor de idade; ele disse que ‘precisava ser curado através do sexo’

Um pastor foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (11) por posse sexual mediante fraude contra uma parente menor de idade na Zona Oeste do Rio. A vítima é uma menina de 14 anos. A PMs, o homem alegou estar doente e que “precisava ser curado através do sexo”.

Cidclay Cabral, da Assembleia com Deus Ministério de Missões de Marechal Hermes, foi flagrado com a garota dentro de um automóvel parado na Rua Baguari, em Vila Valqueire. Militares encontraram duas camisinhas usadas e o banco do carona reclinado.

O crime de posse sexual mediante fraude consiste em ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém por um meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima. A TV Globo apurou que o pastor utilizava da fé para abusar a parente: as dores, segundo citou a própria garota, “seriam curadas com a ajuda dela e de Deus pela conjunção carnal”.

A vítima disse que os abusos começaram no ano passado e que o pastor tirou a sua virgindade.

A TV Globo não conseguiu contato com a defesa do pastor.

O pastor Cidclay Cabral — Foto: Reprodução

 

Por ClickPB