Apreensão de drogas em caminhão dos Correios causa prejuízo de mais de R$ 3 milhões a traficantes, diz Polícia

A Polícia Civil apreendeu 60 quilos de drogas que estavam sendo transportadas em um caminhão do Sedex, dos Correios, na madrugada do domingo (9) em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre.

Foram apreendidos 32 quilos de cocaína e 28 quilos de crack na cabine do motorista, preso em flagrante por tráfico de drogas, causando um prejuízo de mais de R$ 3 milhões aos traficantes, segundo a polícia.

O motorista, sem antecedentes criminais e residente em Curitiba, informou que recebeu R$ 4 mil para fazer o transporte da droga.

Droga transportada em caminhão do Sedex. / Polícia Civil/Divulgação

“A cocaína apreendida é de origem peruana e possui altíssimo grau de pureza, a qual submetida a processos químicos poderia render até 5 vezes a quantidade ao crime organizado”, relatou o delegado Gabriel Borges.

A investigação se iniciou há 90 dias e revelou esquemas de grupos criminosos gaúchos que aliciam caminhoneiros para o transporte de entorpecentes nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina ao Rio Grande do Sul.

Para não levantar suspeitas, a rota efetuada pelos motoristas não era alterada. A investigação apurou que o transporte da droga era efetuada de forma semanal, sendo aproximadamente meia tonelada de entorpecentes no mês.

Em nota, os Correios afirmaram que a área de segurança corporativa da empresa está acompanhando o caso e colaborando com as autoridades competentes.

(Publicado por Gustavo Zanfer, com informações de Laura Slobodeicov)

 

Por CNN Brasil