Homem invade creche e mata quatro crianças em Blumenau

Um homem invadiu a creche Cantinho do Bom Pastor na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, e atacou crianças que estavam no local. Ao todo, quatro morreram durante o ataque e outras cinco ficaram feridas e foram encaminhadas para hospitais da região. Segundo a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, as vítimas fatais são três meninos e uma menina. Os cinco feridos estão em hospitais e apresentam quadros estáveis. O ataque aconteceu na manhã desta quarta-feira, 5, em uma unidade de ensino localizada na Rua dos Caçadores, no bairro de Vila Velha. Além do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e o Samu também foram acionados para atender o caso. Imagens que circulam nas redes sociais mostram uma intensa movimentação em frente à unidade de ensino, com pais de alunos e funcionários da creche. Em comunicado, a Polícia Militar informou que o suspeito tem 25 anos e se entregou ao 10º BPM após deixar a escola. O suspeito foi encaminhado para a Polícia Civil.

Em suas redes sociais, o governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL) lamentou o ataque e disse que determinou a ação das forças de segurança e se solidarizou. “É com enorme tristeza que recebo a lamentável notícia de que a creche particular Cantinho do Bom Pastor, em Blumenau, foi invadida por um assassino que atacou crianças e funcionários. […] Determinei imediatamente a ação das nossas forças de segurança, que já estão no local. O assassino já está preso. Deixo aqui a minha total solidariedade. Que Deus conforte o coração de todas as famílias neste momento de profunda dor”, escreveu Mello no Twitter. O presidente Lula (PT) também se manifestou, dizendo que “não há dor maior que a de uma família que perde seus filhos ou netos”. O petista ainda disse que “uma tragédia como essa é inaceitável”, classificando como um “ato absurdo de ódio e covardia”.

Em nota, a prefeitura de Blumenau informou que o prefeito Mário Hildebrandt e a vice-prefeita Maria Regina de Souza Soar foram ao local para prestar apoio às famílias. A prefeitura informou ainda que as aulas na rede municipal foram canceladas nesta quarta, assim como o funcionamento das atividades de Páscoa no Parque Vila Germânica. O prefeito decretou luto de 30 dias, enquanto o governador Jorginho Mello determinou luto de três dias. Em entrevista à Rádio Gaúcha, Hildebrandt deu detalhes sobre o ataque, revelando que o autor do ataque pulou o muro da creche e atacou as crianças no pátio da instituição.

 

Por Jovem Pan