Compartilhe:
Pin Share

O sargento da Polícia Militar (PM), Antônio Abrantes, 59 anos, foi preso pela Polícia Civil, nesta terça-feira (28), no município de Cuité. A Justiça da Paraíba decretou a ordem de prisão temporária, pelo período de 30 dias, para o servidor aposentado. Ele é suspeito de assassinar Honorina de Oliveira Costa, 43 anos, com quem era casado.

O corpo da professora foi encontrado por um pescador no dia 5 de novembro de 2022, no Açude do Cais. A vítima, que estava desaparecida desde o dia 2 de novembro, estava com os braços e as pernas amarrados.

À época, o delegado Iasley Almeida deu detalhes de como a vítima foi encontrada “além de executá-la, os criminosos ainda amarraram suas pernas e braços em pedras para que ela ficasse submersa e seu cadáver não fosse descoberto pela polícia. Trata-se de um crime de alta complexidade investigativo.”.

O suspeito passou por exame de corpo delito e deve ser encaminhado para o 2º Batalhão da PM, em Campina Grande.

 

Por Blog do Felipe Silva

Compartilhe:
Pin Share