Compartilhe:
Pin Share

As visitas presenciais a pacientes estão suspensas no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB), vinculado à Rede Ebserh, a partir desta terça-feira (1º), devido ao aumento exponencial de casos de covid-19 em João Pessoa.

Conforme o gerente de Atenção à Saúde do HULW, José Eymard Medeiros, a medida foi tomada na segunda-feira, 31, pelo Comitê Operativo de Emergência/covid-19, e também levou em consideração a elevação de casos da doença entre funcionários do hospital-escola, o que impacta diretamente nas escalas de assistência.

“Essas medidas visam a mitigar os impactos atuais e futuros na assistência bem como garantir a integridade de servidores e pacientes. Em virtude da dinâmica do processo, as mudanças são passíveis de reavaliações imediatas, conforme o desenrolar dos fatos inerentes à própria infecção e determinações com base nos decretos e normas das autoridades sanitárias”, afirmou José Eymard.

O gerente de Atenção à Saúde do HULW acrescentou que, apesar de o hospital-escola da Universidade Federal da Paraíba não ser, no momento, referência ao atendimento covid-19 na rede de assistência à saúde, a instituição está à disposição para colaborar, caso haja necessidade.

“Conforme o andamento do quadro nos colocamos à disposição para, junto às instâncias gestoras (estadual e municipal), atuarmos na retaguarda aos casos de covid de alta complexidade, a exemplo do papel desempenhado pelo HULW nas ondas anteriores da doença”, declarou José Eymard Medeiros.

CONFIRA AS MUDANÇAS NO HULW:

Suspender as visitas presenciais, com passagem de informações diárias por via telefônica, com emissão de boletim médico diário para os usuários sem acompanhantes;

Manter o direito aos acompanhantes nos casos previstos em lei, inclusive em ambulatórios, com permanência hospitalar de 48 horas. Eventuais necessidades de substituição em prazo inferior serão analisadas individualmente;

Implementar visita virtual em casos de prolongamento da necessidade das medidas aqui descritas, conforme avaliação individualizada da equipe assistencial perante cada caso;
Manter um dos leitos da unidade DIP Covid para atendimento de gestantes diagnosticadas com Covid-19 no HULW; os demais leitos serão destinados a pacientes diagnosticados positivos já internados no HULW;

Em caso de lotação dos leitos da Unidade DIP Covid, o paciente covid positivo deve ser isolado na clínica de origem até que seja providenciada a transferência para um hospital de referência, apor meio da regulação estadual.

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.