Pazuello será candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro

O general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que teve seu pedido de indiciamento sugerido pela CPI da Covid em função de sua atuação durante a pandemia, irá se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados pelo Rio de Janeiro. De acordo com a coluna da jornalista Malu Gaspar, de O Globo, o militar já teria comunicado a decisão a aliados e auxiliares próximos. Ainda conforme a reportagem, Pazuello deverá se filiar ao PL após deixar o serviço militar ativo e passar para a reserva, o que deverá acontecer no primeiro trimestre do próximo ano.

Nos últimos meses, Pazuello vinha tentando viabilizar uma candidatura ao Senado, mas teria recuado após as pesquisas indicarem que o vice-presidente Hamilton Mourão registra 17% da preferência do eleitorado na corrida pelo governo fluminense, indicando que ele teria pouco espaço nesta direção.

“Outro fator importante na decisão de Pazuello foi o acordo firmado entre Mourão e o atual governador, Cláudio Castro (PL), para buscar uma composição de forças em 2022. Como Castro já anunciou que vai se candidatar à reeleição, caberia a Mourão tentar uma vaga no Senado”,destaca o texto. “Além disso, os líderes do partido não estão exatamente empolgados com a eventual filiação do ex-ministro da Saúde na legenda, porque acham que ele tem pouca viabilidade eleitoral”, completa a reportagem.

WSCOM