Dr. Furlan (Cidadania) é eleito prefeito de Macapá (AP)

O candidato Antônio Furlan (Cidadania), mais conhecido como Dr. Furlan, derrotou, neste domingo (20), Josiel Alcolumbre e vai comandar a cidade de Macapá (AP) pelos próximos quatro anos.

 

De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Furlan obteve 55,67% dos votos válidos (101.091 mil votos) com 100% das urnas apuradas. Josiel, por sua vez, recebeu 44,33% dos votos válidos (80.499 mil votos).

Leia mais: Eleições em Macapá: nove urnas eletrônicas são substituídas

Foram contabilizados 2,01% de votos brancos (3.884 mil votos) e 4% de nulos (7.736 mil votos), segundo o TSE.

O TSE informou, também, que 3.886 eleitores de Macapá justificaram ausência por meio do e-Título até as 17h. O aplicativo, segundo o órgão, “funcionou adequadamente e sem instabilidade”.

Furlan tem 47 anos de idade, cursou medicina em Belém (PA) e fez residência médica em São Paulo. Foi para o Amapá após um convite para montar uma empresa da área cardiovascular.

A definição do novo prefeito de Macapá ocorreu neste domingo (20). O processo eleitoral na capital amapaense foi adiado devido ao apagão energético que, a partir de 3 de novembro, afetou o estado, após um incêndio ter destruído três transformadores e uma subestação de energia na capital do estado.

Há 292.718 pessoas aptas a votar na capital do Amapá. O primeiro turno em Macapá ocorreu sem nenhum incidente e contou com o comparecimento de 217.161 eleitores (74,19% do total apto a votar). O número de abstenções (75.557) correspondeu a 25,81% do eleitorado. Os votos em branco (5.740) equivaleram a 2,64% e os nulos (9.512) representaram 4,38%.

R7