Compartilhe:
Pin Share

Alunos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) teriam sido agredidos na manhã deste domingo (13) por seguranças da Instituição enquanto faziam um trabalho de cuidado e controle de gatos, no Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN), no Campus I. A denúncia foi feita ao Portal WSCOM por um professor do Departamento de Geociências, que preferiu não ser identificado.

Seguranças teriam fechado o local com algemas após agressão aos estudantes.

Segundo o relato, os estudantes foram abordados de forma agressiva pela segurança patrimonial, que teria se recusado a mostrar identificação. Em seguida, as vítimas foram agredidas moralmente e fisicamente e ameaçadas de prisão.

“Um caso muito claro de racismo e perseguição política”, disse o professor, revelando ainda que “posteriormente eles coagiram uma outra estudante que também nos auxilia no controle dos animais na UFPB, a abrir minha sala”.

Os seguranças teriam invadido o local, onde os estudantes pegariam ração para alimentar os animais, e mexido em objetos pertencentes ao docente. Após o fato, os seguranças teriam fechado a grade da entrada de acesso às salas dos professores com cadeado e algemas.

O professor contou ainda que, ao chegar à UFPB, solicitou a abertura do local ao chefe de segurança, que enviou três seguranças. Um deles teria participado do caso das ameaças e agressões.

“Um segurança armado, que se nega a se identificar, ameaçando estudantes e professores. Isso com o apoio institucional aparentemente. Visto que todos estão escondendo a identificação”, disse.

Trabalho realizado

Os estudantes estavam na UFPB no domingo para realizar o trabalho voluntário de cuidados dos gatos que são abandonados na Instituição. Diante do problema histórico que ocorre no Campus I, professores e estudantes se organizam para cuidar dos animais.

Boletim de ocorrência 

Após o fato, o professor e dois estudantes  foram à Central de Flagrantes da Polícia Civil, na Capital, e registraram boletins de ocorrência por agressão, ameaça e assédio moral.

Veja os boletins:

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.