Compartilhe:
Pin Share

A delegada Vanderleia Gadi falou nesta quarta-feira (9) sobre as possíveis causas do assassinato do ex-prefeito de Bayeux Expedito Pereira, ocorrido nesta manhã, em João Pessoa. Ela destacou que ainda não é possível descartar possibilidades.

“É muito cedo para descartar qualquer coisa, pode ser tudo. Ele tinha envolvimento político, logicamente é o que primeiro a gente pensa, mas pode ser n outras possibilidades”, relatou.

Vanderleia citou a possibilidade do político estar com alguma dificuldade financeira. Ele também costumava se relacionar com mulheres, o que pode apontar para um possível crime passional, salientou.

Mais cedo, a delegada relatou que Expedito recebeu uma ligação telefônica e minutos depois saiu de casa. O telefone dele e a carteira com documentos foram apreendidos nas mãos de terceiros, no local, possivelmente com pessoas que encontraram o corpo.

WSCom

Compartilhe:
Pin Share

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.