Ação conjunta das polícias da Paraíba prende suspeitos de latrocínio em churrascaria na PB


As Policiais civis e militares da Paraiba prenderam no início da noite desta quarta-feiira (3)  dois suspeitos de participar de um assalto em uma churrascaria no bairro de Mangabeira, que terminou com um cliente morto e um policial civil ferido. Mateus Walley Fernandes, de 20 anos, e Diego Fernandes da Silva, 18 anos, foram localizados no mesmo bairro, sendo reconhecidos por testemunhas e vítimas do delito.

Eles foram interrogados pelo delegado Tércio Chaves de Moura Júnior, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPat) e autuados em flagrante pelos crimes de latrocínio consumado e latrocínio tentado.

De acordo com informações da polícia, um dos suspeitos foi preso portando uma arma durante a tarde desta quarta-feira, no mesmo bairro onde ocorreu o crime. A foto dele foi apresentada a uma das testemunhas do crime, que o reconheceu.

Através dessa prisão, a polícia chegou até o outro suspeito. Ambos foram levados para a Central de Polícia da capital, no bairro do Geisel.

O Caso

O cliente de uma churrascaria morreu na tarde desta terça-feira (2), após uma troca de tiros dentro do estabelecimento, localizado no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa. O caso foi registrado na rua Creusa Campos de Vasconcelos.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima, de 37 anos, foi atingida na cabeça e morreu no local. Dois bandidos teriam entrado no restaurante e anunciado o assalto. A dupla levou celulares das pessoas que estavam almoçando. Haviam dois policiais no local e, ao perceber a presença dos agentes de segurança, os bandidos iniciaram uma troca de tiros.

Ainda segundo a PM, a vítima fatal foi atingida durante a troca de disparos. Os assaltantes conseguiram fugir. O agente de segurança também foi baleado e encaminhado para o Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity, em Mangabeira, e depois para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.






Paraiba.com

Nenhum comentário