Manoel Júnior rompe com Cartaxo e anuncia apoio a Zé Maranhão



O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PSC), anuncia nesta quarta-feira (5) o rompimento com o prefeito Luciano Cartaxo (PV). Ele vai apoiar candidato do MDB ao governo, José Maranhão, na disputa deste ano. O comunicado vai acontecer durante entrevista coletiva, às 10h, na Associação Paraibana de Imprensa (API), em João Pessoa. Júnior tem alegado a pessoas próximas quebra de compromisso do gestor pessoense com o projeto dele, de disputa de vaga na Câmara dos Deputados. Ele decidiu disputar o cargo após ver frustrado o desejo de assumir a prefeitura de João Pessoa, já que Cartaxo desistiu da disputa do governo.

O movimento de Manoel Júnior em direção a José Maranhão não é recente. Durante a pré-campanha, quando o PSC demonstrava indecisão sobre com quem ficar, ele colocou o nome à disposição para a disputa de uma vaga no Senado na chapa do emedebista. O partido, no entanto, fechou a coligação com o PV de Lucélio Cartaxo, que disputa a eleição para o governo. O descontentamento do vice-prefeito começou dentro do próprio partido. Com as portas fechadas para a disputa do Senado, foi colocado internamente em segundo plano na disputa da vaga na Câmara dos Deputados. A prioridade do partido é a eleição de Leonardo Gadelha.

O vice teve uma reunião nesta terça-feira (4) com o prefeito Luciano Cartaxo. A pessoas próximas narrou a insatisfação com a suposta falta de apoio que estaria amargando. Por conta disso, decidiu romper e apoiar o candidato do MDB. A relação de Manoel Júnior com José Maranhão, vale ressaltar, é feita de altos e baixos. Os dois eram muito próximos na sigla emedebista, mas se distanciaram em 2014. De lá para cá, se alinharam em 2016 e se afastaram em seguida, neste ano, quando Maranhão insistiu na candidatura ao governo. Mesmo assim, tentou a reaproximação para disputar o Senado. Agora, ele entra na base de apoio.




Por Suetoni Solto

Nenhum comentário