Header Ads

Onyx Lorenzoni diz que MEC deve repassar menos dinheiro para ensino superior


O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, criticou nesta 5ª feira (22.nov.2018) a forma como é distribuído o orçamento do MEC (Ministério da Educação). Para o demista, é preciso diminuir o porcentual para o ensino superior público.

“Não é possível que o orçamento do MEC seja mais da metade destinado para as universidades públicas. A gente respeita, o ensino superior é importantíssimo, mas a realidade brasileira é que lá se atende a só 20% de quem está nas universidades”, disse.

Onyx defendeu o aumento do montante repassado à educação básica.

Após os nomes da presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e de Mozart Neves, diretor da instituição, serem cotados para o Ministério da Educação, Onyx disse ainda que não há uma definição quanto ao nome.

“O governo não tem claro quem vai ser ministro, mas está definido que é importante pacificar a educação e alfabetizar nossas crianças“, afirmou.

Segundo Onyx, no entanto, o gabinete de transição procurou o Instituto Ayrton Senna para ter 1 diagnóstico sobre o passo da educação no Brasil.





 Poder 360

Nenhum comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.