Header Ads

MPF investiga doações feitas por desempregados a deputados na PB


O Ministério Público Federal (MPF) instaurou Procedimentos Preparatórios Eleitorais para apurar possíveis irregularidades em doações de campanha para candidatos a deputado estadual e federal nas eleições deste ano. As portarias são assinadas pelos procuradores Rodolfo Alves e Sérgio Rodrigo Pimentel.

Entre os políticos alvos da ação estão os deputados estaduais Anísio Maia (PT), Lindolfo Pires (Podemos), Trocolli Júnior (Podemos) e Aníbal Marcolino (Avante), além da vereadora de João Pessoa e ex-candidata a deputada federal Sandra Marrocos (PSB). De acordo com as portarias, os políticos teriam recebido doações de campanha de pessoas que estariam desempregadas.

*O nome do deputado estadual Adriano Galdino foi citado de forma equivocada na matéria. O socialista não está entre os investigados pelo MPF. 

O MPF aponta ainda que entre os doadores de campanha para o candidato a deputado estadual Luiz Antônio Noberto de Souza foram identificadas pessoas inscritas em programas sociais do governo, “indicando falta de indícios de capacidade econômica para doar recursos para campanha”.

A partir de agora, os procuradores determinam que as ações sejam encaminhadas à Procuradoria-Geral Eleitoral, para que sejam realizadas diligências. Para as ações, o MPF levou em conta o Sistema de Investigação de Contas Eleitorais.





Maispb

Nenhum comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.