Presidente do Senado deve deixar apoio a Temer


Depois de uma tensa reunião, o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira, rompeu com o presidente Michel Temer. O rompimento parece ser definitivo, pois Eunício não aceitou pautar ainda neste primeiro semestre legislativo a reforma da previdência como queria o Planalto.

Outro motivo da briga foi a política de reajuste dos combustíveis. Eunício atacou o ministro das Minas e Energia, Moreira Franco, que só pensa em lucro na Petrobras para dar dinheiro aos acionistas, arrebentando o povo brasileiro.

O confronto terá outra área de atrito: a decisão de Eunício de instalar uma Comissão Geral no Senado para investigar a Petrobras e seus aumentos sistemáticos dos combustíveis.






 Polêmica PB

Nenhum comentário