Em Jacaraú, empresário é preso por suspeita de envolvimento em assassinato

O empresário Sílvio Severino dos Santos foi preso na noite dessa quinta-feira (20), por volta das 23h00, acusado de envolvimento no assassinato de Jefferson Gomes da Silva, 23 anos, popularmente conhecido como Mião, ocorrido em 13 de novembro do ano passado.
Vitima

O corpo de Mião foi encontrado amarrado e carbonizado, em um canavial na zona rural do município de Jacaraú. Na época, a família não conseguiu fazer o reconhecimento do corpo. Após a perícia constatou-se que o jovem foi morto por enforcamento, mas antes foi torturado e esfaqueado. Mião ainda teve o corpo incendiado, depois desovado no local em que foi encontrado. 
Segundo informações de familiares, o assassinato com requintes de crueldade teria sido motivado por vingança. A vítima supostamente teria roubado a bateria de um dos veículos do empresário dias antes de ser assassinado. Porém, não há confirmação de que o roubo teria sido mesmo praticado pelo jovem. 
Após investigação, a Polícia Civil chegou à detenção de dois menores, com 14 e 17 anos; eles confessaram o assassinato  e acusaram Sílvio de participação no crime.
Devido ao estado, o corpo foi encaminhado para o IML onde aguardava a identificação. Foi coletado material genético dos familiares para realização de exame de DNA, e o resultado confirmou a identificação de Jefferson.
Agora a família aguarda a liberação do corpo ser autorizada pelas autoridades policiais para realizar o sepultamento, o que poderá ocorrer até a próxima segunda-feira (23).
Sílvio foi recolhido para o Presídio da Cidade, onde deverá aguardar os trâmites legais. Ele alega inocência. 


ManchetePb 

Nenhum comentário