Polícia conclui que empresário de Araruna foi assassinado no Juliano Moreira


A Polícia Civil identificou na tarde desta quinta-feira (14) os suspeitos de matar o empresário Jonathan do Vale Ribeiro dentro do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, no último sábado (09).
O delegado que está acompanhando o caso, Reinaldo Nóbrega, pediu a internação provisória de Jorge Bezerra e Deiveson de Oliveira. A solicitação foi acatada pelo Tribunal do Júri da Capital.
Os dois já foram encaminhados para o Instituto de Psiquiatria Penal, onde aguardarão julgamento. Jorge Bezerra dos Santos, 20 anos e Deiveson de Oliveira Silva, 21 anos, estão sendo apontados pela polícia como coautores do homicídio que vitimou Jonathan do Vale Ribeiro, 24 anos
O empresário da cidade de Araruna foi internado na unidade após um surto, na terça-feira anterior ao crime. No sábado, ele foi encontrado morto e a família requereu um exame cadavérico após contestar uma suposta morte natural. O corpo dele apresentava várias lesões semelhantes a agressões.





MaisPB

Nenhum comentário