Jornalista é achado morto nu com marcas de facadas


O jornalista Edivam Martins, de 45 anos, foi encontrado morto dentro de casa neste domingo (26), em Itumbiara, região sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, a vítima estava nua dentro do banheiro e apresentava várias marcas de facadas no peito. Uma faca de cozinha, que teria sido usada no crime, foi achada no local. Os autores do assassinato são procurados.

De acordo com o delegado regional de Itumbiara, Ricardo Chueire, um irmão de Edvam estranhou por não ter recebido notícias dele nos últimos dois dias e resolveu ir até sua casa para procurá-lo. Após pular o muro, ele o encontrou morto.

Ainda conforme o delegado, Edivam era dono do Jornal do Estado, um veículo local online. Ele afirma que, a principal suspeita é de latrocínio, mas não descarta outras possibilidades.

"Alguns objetos foram colocados no interior do veículo dele para serem, aparentemente, levados. Mas as pessoas não quiseram ou não conseguiram sair com eles. Apesar disso, também trabalhamos com a hipótese de homicídio", disse.

Chueire afirmou ainda que havia indícios de luta corporal e que o jornalista tenha começado a ser agredido na cozinha até chegar ao banheiro.
Ele revelou também que testemunhas viram duas pessoas saindo do local e depois voltando com latas de cerveja, o que indica a realização de uma festa ou comemoração.

"As pessoas que o mataram, possivelmente, foram levadas por ele mesmo ao local. Não havia nenhum sinal de arrombamento na residência", detalha.

O caso será investigado pelo 2º DP de Itumbiara.








G1

Nenhum comentário