Em Belém, polêmica sobe construção de galpão gera debates entre gestão e oposição

mapa mostra área idealizada para o galpão

Nos últimos dias tem se intensificado debates nas redes sociais sobre o projeto para construir um galpão para catadores na cidade de Belém. A ideia de construir o galpão partiu do grupo politico ligado ao deputado Ricardo Marcelo (PMDB), que faz oposição a gestão da prefeita Renata Christine. 

A polêmica toda teve inicio após os idealizadores do projeto apresentarem uma proposta para construir o galpão em um área que segundo a gestão municipal, não seria apropriada por ficar próxima ao Hospital Distrital, a creche municipal que está em construção e uma Unidade de Saúde do município. A área idealizada para o projeto segundo apurado, teria sido doada ao final da gestão do ex-prefeito Edgar Gama, e  a atual gestão alega que não existe nenhuma licença ambiental ou estudo de impacto ambiental para poder liberar construção no local. 

No seu perfil do facebook o secretario de infraestrutura do município Roberto Flávio, explicou as razões as quais não se poderia permitir a construção do galpão, " a preocupação da Prefeitura Municipal de Belém está na localização do terreno que é cercado por moradias a 10 metros de distância; está a 50 metros do Hospital Distrital de Belém e a aproximadamente 100 metros do Posto de Saúde PSF VIII e da Creche em construção.
Portanto a Prefeitura só poderá se posicionar em definitivo após apresentação de estudo de impacto ambiental e consulta ao Ministério Público. Desde já nos colocamos a disposição para que juntos encontremos uma solução que não cause prejuízo aos catadores nem a população daquela área". 




Nenhum comentário