Caixa d’água desaba e mata duas crianças em escola


Na tarde desta segunda-feira (6), duas crianças morreram e outras ficaram feridas após a queda de uma caixa d’água no telhado da Escola Municipal Professor Osman dos Santos Oliveira, no Povoado Campo Grande, município de Nossa Senhora das Dores, Médio Sertão de Sergipe.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, 17 pessoas foram atendidas na Clínica de Saúde a Família, sendo 11 crianças com idades entre 07 e 12 anos. Todas tiveram escoriações e estão em observação.

Ainda segundo a assessoria, duas crianças em estado mais grave foram transferidas para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju. A equipe da unidade de saúde foi redobrada e ainda recebeu apoio de médicos e enfermeiros das cidades de Siriri, Cumbe e Nossa Senhora da Glória.

"O acidente foi na hora do intervalo quando as crianças estavam no pátio da escola. Se todas estivessem dentro das salas de aula teríamos mais vítimas", disse o prefeito do município Thiago de Sousa Santos, que é médico e está colaborando no socorro às vítimas.

O resgate das vítimas foi realizado por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros. No início da noite desta segunda-feira, os corpos de uma menina de 11 anos e um menino de 9 anos chegaram ao Insituto Médico Legal (IML), em Aracaju (SE).

José Edmar dos Santos é vigilante da escola e estava no local 40 minutos antes do acidente participando de uma reunião com os diretores. “Olho para o local e fico sem acreditar. Estava todos os dias com as crianças. Como o povoado é pequeno e é como se fosse uma única família. O problema da caixa d'água era antigo, a população reclamava sobre os perigos, mas só pintaram o local, sem resolver a situação”, lamenta.






G1

Nenhum comentário