Avô é suspeito de estuprar neta de 3 anos, no RN

imagem ilustrativa

Um homem de 40 anos foi preso nesta quarta-feira (8) suspeito de estuprar a própria neta, uma criança de 3 anos. O caso aconteceu em Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal. Segundo a mãe da menina, nos últimos dias a filha chorava muito e demonstrava medo de homens adultos. Com dores, a garotinha tinha lesões na região genital. Contudo, os exames de conjução carnal deram negativo e ele acabou liberado.

A filha mora com a mãe, mas costumava frequentar a casa do avô. A própria dona de casa disse que, há alguns anos, já havia sido assediada pelo próprio pai, que a fez tirar a roupa. Na ocasião, ela conta que o pai a obrigou a ficar calada e guardar segredo. Foi ao lembrar deste episódio que a mãe disse ter certeza de que realmente o pai dela havia abusado da neta.
Ao perceber que a criança estava sentindo dores, a mãe levou a filha a um posto de saúde, onde foi orientada por uma enfermeira a procurar uma delegacia para fazer os exames de conjunção carnal a fim de comprovar a violência sexual.

O avô da menina nega as acusações. Mas, segundo o delegado Donny Êxodo, a versão apresentada pelo suspeito não o convenceu, "pois ele entrou em contradição várias vezes", ressaltou. No entanto, como os exames deram negativo, o delegado acabou liberando o suspeito.




G1

Nenhum comentário