Lagoa de Dentro sediará Grito dos Excluídos 2017


A Diocese de Guarabira manterá a tradição e realizará no sábado, 16 de setembro, no município de Lagoa de Dentro, a partir das 13h, o 23º Grito dos Excluídos. A edição 2017 tem como tema “vida em primeiro lugar” e como lema “por direitos e democracia, a luta é todo dia”, pelos quais, a Igreja quer chamar a atenção da sociedade para a urgência da organização e luta popular frente à conjuntura em que o país vive hoje.

O assessor eclesial de Pastoral Social, padre Marinaldo Flor, lembrou que o Grito dos Excluídos vem se afirmando, a cada ano, como um processo de construção coletiva, de forma descentralizada. Ele disse que o ato tem seu ponto alto no dia 16 de setembro, mas que é precedido de ações em preparação e organização que vão desde palestras, rodas de conversa, audiências públicas, vigílias, celebrações e afins.

“Vivemos tempos difíceis. Os direitos e os avanços democráticos conquistados nas últimas décadas, frutos de mobilizações e lutas, estão ameaçados. O ajuste fiscal, as reformas trabalhista e da previdência estão retirando direitos dos trabalhadores para favorecer aos interesses do mercado. O próprio sistema democrático está em crise, distante da realidade vivida pela população”, observou o coordenador diocesano de pastoral, padre João Bosco, pedindo a todos que participem deste Grito dos Excluídos.












Rafael San