Centrão chama PSDB de 'cínico' e 'hipócrita' e ameaça abandonar Temer


Após criticar o "presidencialismo de cooptação", o PSDB vem sendo condenado pelo centrão, que pediu ao Planalto a expulsão do partido do grupo de aliados. 


De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, partidos da base afirmam que o presidente Michel Temer não pode se prender a uma sigla que ocupa quatro pastas e vai à TV criticar o governo, em referência ao vídeo divulgado pelos Tucanos.

A própria ala do PSDB pró-Temer se demonstrou irritada com a atitude. PRB, PP e PSD também manifestaram repúdio ao partido, chamando-os de "cínicos" e hipócritas".


A repercussão foi tão grave, afirma a coluna, que tucanos chegaram a pedir a saída de Tasso Jereissati (Ceará) do comando do partido. “Admitir erro é uma coisa, suicídio é outra", disse o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), sobre a ala que apoia Temer.




NM