Homens são presos em casa alugada para servir como ponto de venda de droga


Dois homens, de 21 anos e 23 anos de idade, foram presos em flagrante na tarde desta quinta-feira (1º), no bairro São José, em Guarabira, em uma casa que tinha sido alugada por eles para funcionar como local de venda de drogas. No imóvel foram apreendidas 12 pedras de uma substância análoga a crack cortadas para serem comercializadas, uma pedra maior de uma substância análoga ao crack que estava sendo fragmentada em outras menores para a comercialização, um papelote de uma substância análoga à maconha, lâminas de aço utilizadas no corte dos entorpecentes e sacolas plásticas que seriam utilizadas para o acondicionamento, além pouco mais de RS 400 em dinheiro.

As investigações foram feitas por policiais do Núcleo de Inteligência e Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e policiais civis do GTE (Grupo Tático Especial) e da 1ª e 2ª Delegacias Distritais. Eles receberam a informação através do Disque-Denúncia da Polícia Civil de que na residência funcionava um ponto de venda de droga e deram início ao trabalho de vigilância no imóvel, que tinha uma intensa movimentação.

No momento em que cercaram a residência, os policiais encontraram os dois homens cortando os entorpecentes. Eles informaram que teriam alugado o imóvel para servir de local de comercialização de droga. Os dois, juntamente com o material apreendido, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Neste caso, a participação da população, que fez denúncias ao 197 da Polícia Civil foi fundamental para a prisão dos dois e apreensão da droga. Por isso, os policiais pedem que as pessoas continuem fazendo denúncias através do 197 e do 190, da Polícia Militar, que todas as informações são mantidas sob sigilo e investigadas pelas equipes de inteligência dos órgãos de Segurança Pública.






4ºBPM