‘Se Aécio não sair do PSDB, quem sai sou eu’, afirma Camila Toscano


A Deputada Estadual Camila Toscano, ameaçou deixar o PSDB caso o senador afastado Aécio Neves permaneça no partido se as acusações que pesam contra ele sejam comprovadas. A declaração da tucana foi dada na manhã desta terça-feira (23).

“Se for comprovado, acredito que ele [Aécio Neves] mesmo deixará o partido. Se ele não deixar, eu tenho que sair. Eu não posso ser colocada na vala comum de onde eu não faço parte”, declarou a deputada estadual.

Ainda segundo a deputada, a corrupção do PSDB se diferencia da do Partido dos Trabalhadores e defendeu que se comprovado o envolvimento de Aécio, o senador afastado tem que ser punido. “O PSDB se diferencia do partido do ex-presidente Lula (PT) e infelizmente o nosso presidente se envolveu, se de fato for comprovado, nessa Lava Jato e ele tem que ser punido”, frisou.









Carta PB