PM e PC prendem e apreendem acusados de assalto a relojoaria em Guarabira


Três pessoas foram presas e um adolescente de 16 anos de idade foi apreendido acusados de um assalto a relojoaria na manhã deste sábado (22), no centro de Guarabira. O adolescente apreendido e outro, de 15 anos, que já foi identificado, mas não foi localizado pelos policiais, teriam sido os executores do assalto. As prisões e apreensões aconteceram no município de Santa Rita e são resultado de uma ação conjunta entre policiais da guarnição do Comando e Núcleo de Inteligência do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), Núcleo de Inteligência do 5º BPM e policiais civis do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil.

O trabalho dos policiais teve início logo após o assalto, quando, através de imagens de câmeras de segurança, foi possível visualizar alguns dos envolvidos e o veículo utilizado por eles, um Celta de cor preta e placa KLD 0933, de João Pessoa. O veículo estava registrado no nome de uma pessoa que reside em João Pessoa e, através dela, foi possível chegar até o casal envolvido. O filho deles de poucos meses de vida, inclusive, esteve dentro do carro durante a prática do crime.

Localizado o casal, os policiais chegaram até os demais envolvidos no assalto e com eles, todos residentes em Santa Rita, foi encontrada parte dos produtos roubados: relógios e aparelhos de telefone celular levados das vítimas, além de dinheiro. A arma utilizada, de acordo com o adolescente, foi vendida por ele logo depois do assalto.

Os envolvidos confessaram a participação e deram detalhes sobre o planejamento e a execução do assalto. Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Guarabira, onde responderão por formação de quadrilha, roubo majorado e corrupção de menores.






4º BPM