Prefeito de Sousa perde ação no STJ e poderá deixar o cargo


Foi julgado nesta quinta feira  no STJ,recurso do prefeito de Sousa Fábio Tyrone contra decisões que lhe condenaram em todas as instâncias em processo de improbidade administrativa,que lhe cassam os direitos políticos e o direito de exercer funções públicas. 

O ministro Gurgel de Faria, relator do processo, já tinha condenado e mantido as decisões das outras instâncias em decisão monocrática,mas os advogados do prefeito recorreram e hoje ocorreu o julgamento,e o recurso foi rejeitado por 3 votos contra 1,votou favorável ao provimento o ministro Napoleão,com esse voto,segundo juristas consultados,respiram as esperanças de Tyrone,que com um voto divergente terá direito a opor embargos,que deverão ser julgados o mais breve possível. Se o resultado fosse por unanimidade,o prefeito poderia perder o cargo após a publicação. 

A turma que julgou foi à primeira, onde houve a ausência justificada de um ministro. 

Os advogados do prefeito ainda peticionaram ontem à noite, tentando adiar o julgamento, porém o relator nem analisou o pedido,deixando para dá seu parecer no plenário. 





resumopb